Archive for janeiro, 2011

No retorno de Marcos, Palmeiras vence Paulista e encosta no Santos

Depois de quatro meses longe da meta palmeirense, o goleiro Marcos viu uma situação bem diferente quando saiu do gramado do Pacaembu, na partida da noite desta quinta-feira, contra o Paulista. Se antes o time deixava o campo sob desconfiança, agora existe esperança de dias melhores no Alviverde. Com 3 a 1 sobre o time de Jundiaí, o Verdão conseguiu fechar a quarta rodada na cola do líder Santos.

Os gols marcados por Marcos Assunção, Kleber e Patrik – Maurício Ramos fez contra – levaram o Alviverde ao segundo lugar do Campeonato Paulista, com os mesmos dez pontos do Santos. A equipe palmeirense só perde no saldo de gols – oito contra seis. Mas se mantém em uma situação confortável na tabela, como quer o técnico Luiz Felipe Scolari.

No próximo domingo, às 17h (de Brasília), o Palmeiras visita a Portuguesa, no Canindé. Já o Paulista tenta a recuperação no mesmo dia, mas às 19h30m, contra o Linense, fora de casa.

Precisão e Gladiador

Avaliando que o time palmeirense já apresenta melhores condições físicas, depois de quase 20 dias de treinamentos, o técnico Luiz Felipe Scolari resolveu promover o retorno do goleiro Marcos. O atleta de 37 anos não assumia a meta da equipe em um jogo oficial desde 5 de setembro passado, quando, em jogo contra o Cruzeiro, levou uma pancada perto do joelho esquerdo – o mesmo que havia sido submetido a uma artroscopia. E logo no começo da partida desta quinta, o veterano foi testado.

Aos cinco minutos, Roni Dias avançou com liberdade e bateu contra Marcos, que espalmou. Cicinho livrou o goleiro palmeirense de ser vazado rapidamente no seu retorno, contendo a tentativa de Hernani. Aos 13, o camisa 12 foi desafiado novamente. Mas se livrou do perigo com estilo. Hernani o viu adiantado e tentou encobrir o arqueiro. Sem sustos, Marcos matou no peito e entregou para a sua defesa, levantando a pequena torcida alviverde que foi ao Pacaembu.

Próximos na tabela do Paulistão, Palmeiras e Paulista faziam um jogo brigado no meio-campo. Até que a bola parada movimentou o placar. Kleber sofreu falta, e Assunção foi para a cobrança. O volante, que durante a semana chegou a reclamar da bola usada no Estadual, parece ter, finalmente, se adaptado ao novo modelo. Com precisão, ele colocou no cantinho esquerdo do goleiro Cristiano e fez 1 a 0, aos 19 minutos, no seu primeiro gol de falta no ano.

Aos 34, porém, Assunção precisou deixar o gramado por sentir dores na região da virilha – ele foi substituído por João Vitor. E assim o Palmeiras perdeu boa parte do meio-campo, ficando mais exposto aos ataques do Paulista. Marcos só não foi vencido por Hernani e companhia porque a defesa alviverde livrou o perigo a qualquer custo. Não foi raro ver Danilo ou Cicinho se atirando no chão.

Sem saída de bola, sobrou o contragolpe em velocidade. E o Palmeiras soube aproveitar a oportunidade que teve, já nos minutos finais do primeiro tempo. Luan disparou e passou para Rivaldo, que rolou para Kleber fuzilar contra Cristiano. Com 2 a 0, o Alviverde matou as reações do Paulista no fim da primeira etapa.

Fonte: Globo Esporte

Anúncios

janeiro 28, 2011 at 10:29 am Deixe um comentário

Reservas do Brasil destacam elenco após vitória

Com a classificação garantida para a final do Sul-Americano Sub-20, o Brasil entrou com um time quase todo reserva para enfrentar o Equador. A vitória por 1 a 0 fez os jogadores exaltarem o elenco.

O zagueiro Romário afirmou que todos os jogadores estão prontos para serem usados pelo técnico Ney Franco caso ele precise.

– Com certeza o treinador pode contar com todos os jogadores do elenco. Agora é descansar e pensar na próxima fase.

O zagueiro aprovou a partida feita contra os equatorianos, mesmo com apenas dois titulares em campo.

– O time fez grande partida e as duas linhas de quatro jogadores funcionaram perfeitamente.

O volante Fernando também exaltou o elenco e disse que qualquer um dos jogadores do elenco pode representar bem a seleção brasileira.

– Acho que temos 20 jogadores que deram uma resposta positiva e se precisar estamos aí para ajudar.

Fonte: Portal R7

janeiro 26, 2011 at 10:17 am Deixe um comentário

Troféu Telê Santana: uma década completa de homenagens ao esporte

A noite da décima edição do Troféu Telê Santana não poderia começar de maneira diferente: um clipe com imagens saudosas do mestre que batiza o ‘Oscar’ do futebol mineiro e com cenas de edições passadas da tradicional premiação emocionou toda a platéia presente no Grande Teatro do Palácio das Artes, em Belo Horizonte, e também os internautas espalhados pelo Brasil e pelo mundo, que acompanharam todos os detalhes da festa pelo videochat promovido pela TV Alterosa, Portal Uai e Superesportes.

A menos de uma semana da bola rolar oficialmente na temporada 2011, com o início do Campeonato Mineiro, a décima edição do Troféu Telê Santana premiou os melhores jogadores e os destaques do esporte mineiro em 2010. Um time democrático, eleito com a ajuda da torcida, de um Conselho de Notáveis e dos jornalistas dos Diários Associados, começou a ser formado no palco da festa.

A escalação da Seleção começou pela lateral direita. Marcos Rocha, peça importante no esquema tático do técnico Mauro Fernandes na campanha que reconduziu o América à elite do futebol brasileiro, subiu ao palco para receber o troféu. O técnico do Atlético, Dorival Júnior, e a dupla sertaneja Don e Juan entregaram o prêmio ao jogador.

Da direita, a bola seguiu rápida para o lado esquerdo do ‘gramado’. Depois do Coelho ficar com a primeira posição da Seleção, foi a vez do Cruzeiro cravar seu primeiro troféu. Diego Renan foi eleito o melhor lateral-esquerdo e recebeu o prêmio das mãos de seu próprio treinador: o técnico Cuca.

Trio seguro

Com as laterais devidamente escaladas, foi a vez da torcida conhecer o restante da defesa. O camisa 1 não era segredo para ninguém: Fábio subiu ao palco para receber o troféu de melhor goleiro. O momento foi de emoção no Palácio das Artes: para entregar o prêmio para um dos principais ídolos do Cruzeiro, o escolhido foi Marques, xodó da torcida atleticana e, como Fábio, completamente identificado com o clube que defendeu por muitos anos. O atacante relembrou o passado, já que foi o primeiro jogador a ganhar a chancela de ‘Craque do Ano’, na primeira edição do Troféu, em 2001.

A dupla de zaga foi revelada logo depois e contemplou as duas principais torcidas de Minas Gerais. Réver, pelo Atlético, e Cláudio Caçapa, pelo Cruzeiro, completaram a melhor defesa da temporada 2010 e receberam os troféus das mãos de dois ídolos: Éder Aleixo, eterno ponta-esquerda atleticano e Palhinha, atacante que fez história com a camisa estrelada.
Meio-campo ‘estrelado’ e ataque ‘dividido’

O meio-campo da Seleção 2010 do Troféu Telê Santana começou a ser formado e ele foi predominantemente celeste. As duas vagas de volante ficaram com Fabrício e Henrique. A criação do setor ficou sob responsabilidade do cruzeirense Montillo e do jovem Renan Oliveira, do Atlético.

No ataque, as escolhas contemplaram igualmente os dois maiores clubes de Minas Gerais. Thiago Ribeiro e Obina, negociado recentemente com o futebol chinês, foram os donos da bola no quesito gols.

Revelação e melhor comandante

A noite era animada, numa tabela afinada entre a plateia e seus ídolos. Além dos 11 jogadores que formaram um verdadeiro timaço – sonho de qualquer torcedor- , foi dia de premiar talentos precoces e comandantes experientes.

Com a responsabilidade de defender a camisa 1 alvinegra num ano de altos e baixos do Atlético, Renan Ribeiro foi alçado ao posto de ‘Revelação’ da temporada 2010, com atuações seguras no Campeonato Brasileiro, ajudando o Galo a espantar de vez o fantasma do rebaixamento. Todo jovem atleta precisa de um líder e Renan teve o seu: Dorival Júnior chegou ao clube num momento conturbado e conseguiu recolocar o Atlético num bom caminho. Por isso, o comandante preto e branco ficou com o troféu de melhor técnico do ano. Entre os concorrentes, estavam treinadores como Cuca, vice-campeão do Brasileirão com o Cruzeiro, e Mauro Fernandes, que reconduziu o América à elite.

Feitos memoráveis e o ‘dono do ano’

Depois de algumas homenagens individuais, o público aplaudiu a conquista de duas nações. O América, por sua campanha na Série B do Campeonato Brasileiro, que culminou com o retorno do clube à elite do futebol brasileiro, ficou com o troféu de Destaque Nacional. O assessor da presidência do Coelho, Marcos Salum, recebeu o prêmio das mãos de Renê Santana, filho do mestre Telê, e de Jair Bala, ídolo do clube alviverde e membro da Bancada Democrática, do programa Alterosa Esporte. O Ituiutaba, vice-campeão brasileiro da Série C, vai representar Minas Gerais na Série B 2011 e pelo feito recebeu o troféu de ‘Destaque do Interior’.

No futebol, o momento mais aguardado da noite foi o da premiação do ‘Craque do Ano’. Amparado pelos 457 pontos que conquistou na ‘Bolsa de Craques’, o goleiro Fábio voltou ao palco do Palácio das Artes para receber o seu segundo prêmio da noite e o oitavo na história do Troféu Telê Santana. A regularidade com a camisa 1 estrelada garantiu o troféu mais cobiçado ao ídolo celeste. Ele recebeu o prêmio das mão do vice-governador Alberto Pinto Coelho, que representou o governador Antônio Anastásia na cerimônia.

Esportes especializados

Democrático, o ‘Oscar’ do esporte mineiro sempre teve em sua essência o incentivo ao esporte especializado. Por isso, a noite não foi dedicada apenas aos astros da bola. O time de vôlei do Cruzeiro, Campeão Mineiro em 2010, recebeu uma homenagem especial, assim como os maratonistas Frank Caldeira e Luzia de Souza, vencedores da Primeira Meia Maratona de Belo Horizonte, uma realização dos Diários Associados.

Jovens talentos também foram alvo de homenagens. A judoca Gabrieli Caroline Passos dos Reis, de 13 anos, foi destaque especial na premiação. Atleta do Projeto Curumim, ela foi medalha de prata no Brasileiro de Judô em 2010.

Conheça todos os vencedores da 10a Edição do Troféu Telê Santana:

Craque do ano e goleiro - Fábio (Cruzeiro)

 

Lateral-direito

 

Zagueiro

 

Zagueiro

 

Lateral-esquerdo

 

Volante

 

Volante

 

Meia

 

Meia

 

Atacantes

 

Atacante

 

Técnico

 

Revelação Renan Ribeiro

Fonte: Superesportes

janeiro 25, 2011 at 11:12 am Deixe um comentário

Botafogo acredita em permanência de Loco Abreu no clube

Por que o maior ídolo de um time estaria insatisfeito a ponto de colocar seu cargo à disposição? Esta pergunta povoa o pensamento de dirigentes e torcedores do Botafogo desde que Loco Abreu publicou uma carta em seu site oficial.

Nela, mostra descontentamento com a polêmica criada desde que analisou a maneira como a equipe atuou na partida contra o Duque de Caxias, pela primeira rodada do Campeonato Carioca, e que gerou uma resposta ríspida do técnico Joel Santana. Apesar de mostrar-se atento às especulações de clubes brasileiros possivelmente interessados – principalmente os que disputam a Libertadores –, o Alvinegro confia que prevalecerá a identificação do camisa 13 com General Severiano.

Um dos jogadores mais bem pagos do elenco, Loco Abreu é visto como um artilheiro também fora de campo, tamanha a atração que exerce nos torcedores e, por consequência, no marketing. O presidente Maurício Assumpção não se mostra preocupado com a possibilidade de ver o atacante deixar o clube.

– Muito se fala que ele poderia sair, mas esse não é o discurso do Abreu aqui dentro. Além disso, acredito que, se houver clubes interessados, eles falarão diretamente com o Botafogo, respeitando os princípios éticos – afirmou.

O Botafogo adota, assim, a mesma postura do caso Jobson. O atacante protagonizou uma série de casos de indisciplina no ano passado e, no momento de negociá-lo por empréstimo com o Atlético-MG, o clube procurou se valer do fato de ser o detentor de seus direitos até 2015.

No caso de Loco Abreu, a multa rescisória prevista em contrato é de cerca de R$ 3 milhões. O atacante tem vínculo com o Botafogo até o fim de 2011, mas existe um acordo verbal para a extensão por mais um ano.

Fonte: G1

janeiro 25, 2011 at 10:43 am Deixe um comentário

Diego Maurício sofre com atitude racista da torcida em Moquegua

O atacante Diego Maurício sofreu com atitudes racistas durante o empate da Seleção Brasileira sub-20 por 1 a 1 com a Bolívia, na tarde deste domingo, em Moquegua. Logo que entrou em campo, aos 33 minutos da etapa final, o jogador foi insultado com gestos e sons que incitavam o preconceito. Com o calor do jogo, o atacante afirmou não ter ouvido os gritos dos peruanos, mas repudiou o incidente no Estádio 15 de Noviembre.

– Fico triste com esse tipo de coisa que acontece no futebol. Eu realmente não percebi, mas em nenhum momento isso me afeta. Independentemente de raça, eu procuro mostrar o meu trabalho. São pessoas que querem fazer coisas para aparecer. Não tem talento para chegar a um objetivo maior em suas vidas – afirmou o jogador.

A cada toque na bola, os torcedores imitavam o som de um macaco. Enquanto esteve em campo, o jogador foi vítima do preconceito local. O técnico Ney Franco também comentou o incidente.

– Eu não ouvi. Estou sabendo disso aqui agora na coletiva. No ano de 2011, não se cabe mais esse tipo de atitude – disse o treinador canarinho.

A Seleção Brasileira sub-20 já está classificada para o hexagonal final do Sul-Americano, que dá duas para as Olimpíadas de 2012, em Londres, e quatro para o Mundial, em julho, na Colômbia. Na terça-feira, o time vai encarar o Equador, em Tacna.

Fonte: Globo Esporte

janeiro 24, 2011 at 10:42 am Deixe um comentário

Campeonatos Estaduais

Entre janeiro e maio de 2011, acontecem os campeonatos estaduais de futebol. A maior parte dos estados do país possui uma competição estadual, que reúne aproximadamente 10 times do interior e da capital.

Além de eleger o novo campeão estadual, os campeonatos servem para distribuir vagas para a Copa do Brasil e para o Brasileirão. A quantidade de vagas varia por estado, mas geralmente os dois primeiros colocados ganham uma vaga para a Copa do Brasil e para a Série D do Brasileirão. Caso ele já esteja na Série A, B ou C, a vaga vai para o próximo colocado.

 
Paulista 
Já está definida a tabela do Campeonato Paulista 2011. A próxima edição do Paulistão, que irá ocorrer entre os dias 16 de janeiro e 15 de maio de 2011, terá várias novidades em relação à anterior. Agora, haverá oito times classificados para a fase final, ao invés de quatro. Além disso, cada jogo do campeonato passará a ter seis árbitros.

No Paulistão 2011, os 20 times participantes jogarão entre si uma única vez. Os oito primeiros colocados se classificam para as quartas de final. Eles serão divididos em quatro chaves e se enfrentarão uma única vez. Os vencedores farão o mesmo nas semifinais. Por fim, os dois classificados para a final se enfrentarão em duas partidas para decidir o título.

Carioca
Já foram definidos os grupos do Campeonato Carioca 2011. A divisão entre os grupos A e B foi feita federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), que também divulgou a tabela do torneio. O campeonato será realizado entre os dias 19 de janeiro e 15 de maio e contará com 16 times.

No Grupo A, estão Flamengo, Vasco, América, Boavista, Volta Redonda, Nova Iguaçu, Americano e Resende. Já Botafogo, Fluminense, Bangu, Olaria, Madureira, Cabofriense, Macaé e Duque de Caxias estão no Grupo B.

Na primeira fase do Campeonato Carioca, intitulada Taça Guanabara, os times jogarão com os que estão em seu grupo. Já na segunda fase, chamada Taça Rio, os clubes enfrentarão com os times que pertencem ao outro grupo.

No final, os vencedores de cada Taça jogarão entre si na final para decidir quem será o campeão do Campeonato Carioca 2011. Caso o mesmo time vença as duas fases, ele será declarado campeão automaticamente.

Os grupos do Campeonato Gaúcho 2011 já foram definidos. A divisão foi feita Federação Gaúcha de Futebol, que também publicou a tabela da competição, que será realizada entre os dias 16 de janeiro e 2 de maio.

Gaúcho

No Grupo 1, estão Internacional, São Luiz, Lajeadense, Novo Hamburgo, Caxias, São José, Universidade e Yipiranga. Já Grêmio, Porto Alegre, Santa Cruz, Inter-SM, Veranópolis, Pelotas, Cruzeiro e Juventude estão no Grupo 2.

Os 16 times jogarão em dois turnos. No primeiro, intitulado Taça Piratini, os times jogarão contra os clubes do outro grupo. Já no segundo, chamado Taça Farroupilha, as partidas serão entre os integrantes do mesmo grupo.

No final, os vencedores dos dois turnos se enfrentarão na final. Caso o mesmo time vença as duas Taças, ele será declarado campeão gaúcho 2011 automaticamente e não haverá necessidade de realizar uma final.

Mineiro
A tabela do Campeonato Mineiro 2011 já foi divulgada pela Federação Mineira de Futebol. A 97ª edição do campeonato estadual será realizada entre os dias 29 de janeiro e 15 de maio e contará com 12 times.

Os times que estão no Módulo I – a principal divisão de futebol do estado – em 2011 são América, Uberaba, Tupi, Villa Nova, Guarani, Ipatinga, Cruzeiro, Caldense, Funorte, Atlético, EC Democrata e América.

A principal mudança no regulamento em relação ao ano passado é a extinção das quartas de final. Agora, os times se enfrentam em turno único e apenas os quatro primeiros colocados avançam para a fase final, onde se enfrentam no mata-mata. No fim, o campeão e o vice ganham uma vaga na Copa do Brasil 2012. Já os dois últimos colocados serão rebaixados para o Módulo II.

Fonte: Fórum VIP

janeiro 20, 2011 at 10:25 am Deixe um comentário

Neymar exalta ‘diversão’ após quatro gols e credita vitória a companheiros

Neymar teve uma noite de gala no Peru. O jogador fez os quatro gols na vitória por 4 a 2 sobre o Paraguai, na última segunda-feira, em Tacna, e deixou o gramado do estádio Jorge Basendra aclamado pelos torcedores locais. A atuação pelo Sul-Americano sub-20 foi ainda mais destacada porque o atacante brasileiro sofreu com a forte e, muitas vezes, desleal marcação dos paraguaios, mas sem perder o bom humor.

“Eu me diverti mais [do que me irritei]. O Brasil saiu vitorioso, meus companheiros jogaram muito bem e graças a Deus fiz quatro gols, então só tive felicidades nesta partida”, destacou Neymar, logo após o confronto com os paraguaios.

O camisa 7 brasileiro abriu o placar aos 25min do primeiro tempo, em cobrança de falta. Aos 33min, ampliou o placar depois de boa jogada individual. O melhor, no entanto, ficou reservado para o segundo tempo, quando ele contou com a sorte para fazer o terceiro e, de cobertura, marcou o quarto e último gol do Brasil no jogo.

“Foi uma das melhores atuações da minha carreira por ter feito os quatro gols, mas se o Brunão [zagueiro Bruno Uvini] não corresse lá atrás, se o Juan, o Alex Sandro, o Danilo e os outros também não corressem, não conseguiríamos sair vitoriosos”, completou o atacante.

O Brasil, que lidera isolado o grupo B do Sul-Americano sub-20, com três pontos, volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h10 (0h10 de Brasília), quando irá enfrentar a Colômbia.

Fonte: Uol

janeiro 18, 2011 at 11:20 am Deixe um comentário

Posts antigos


Olá, você está no blog do Paixão entre linhas, um projeto da Editora Leitura que une literatura e futebol e vai surpreender os torcedores dos principais clubes do país.

Posts

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

janeiro 2011
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31