Troféu Telê Santana: uma década completa de homenagens ao esporte

janeiro 25, 2011 at 11:12 am Deixe um comentário

A noite da décima edição do Troféu Telê Santana não poderia começar de maneira diferente: um clipe com imagens saudosas do mestre que batiza o ‘Oscar’ do futebol mineiro e com cenas de edições passadas da tradicional premiação emocionou toda a platéia presente no Grande Teatro do Palácio das Artes, em Belo Horizonte, e também os internautas espalhados pelo Brasil e pelo mundo, que acompanharam todos os detalhes da festa pelo videochat promovido pela TV Alterosa, Portal Uai e Superesportes.

A menos de uma semana da bola rolar oficialmente na temporada 2011, com o início do Campeonato Mineiro, a décima edição do Troféu Telê Santana premiou os melhores jogadores e os destaques do esporte mineiro em 2010. Um time democrático, eleito com a ajuda da torcida, de um Conselho de Notáveis e dos jornalistas dos Diários Associados, começou a ser formado no palco da festa.

A escalação da Seleção começou pela lateral direita. Marcos Rocha, peça importante no esquema tático do técnico Mauro Fernandes na campanha que reconduziu o América à elite do futebol brasileiro, subiu ao palco para receber o troféu. O técnico do Atlético, Dorival Júnior, e a dupla sertaneja Don e Juan entregaram o prêmio ao jogador.

Da direita, a bola seguiu rápida para o lado esquerdo do ‘gramado’. Depois do Coelho ficar com a primeira posição da Seleção, foi a vez do Cruzeiro cravar seu primeiro troféu. Diego Renan foi eleito o melhor lateral-esquerdo e recebeu o prêmio das mãos de seu próprio treinador: o técnico Cuca.

Trio seguro

Com as laterais devidamente escaladas, foi a vez da torcida conhecer o restante da defesa. O camisa 1 não era segredo para ninguém: Fábio subiu ao palco para receber o troféu de melhor goleiro. O momento foi de emoção no Palácio das Artes: para entregar o prêmio para um dos principais ídolos do Cruzeiro, o escolhido foi Marques, xodó da torcida atleticana e, como Fábio, completamente identificado com o clube que defendeu por muitos anos. O atacante relembrou o passado, já que foi o primeiro jogador a ganhar a chancela de ‘Craque do Ano’, na primeira edição do Troféu, em 2001.

A dupla de zaga foi revelada logo depois e contemplou as duas principais torcidas de Minas Gerais. Réver, pelo Atlético, e Cláudio Caçapa, pelo Cruzeiro, completaram a melhor defesa da temporada 2010 e receberam os troféus das mãos de dois ídolos: Éder Aleixo, eterno ponta-esquerda atleticano e Palhinha, atacante que fez história com a camisa estrelada.
Meio-campo ‘estrelado’ e ataque ‘dividido’

O meio-campo da Seleção 2010 do Troféu Telê Santana começou a ser formado e ele foi predominantemente celeste. As duas vagas de volante ficaram com Fabrício e Henrique. A criação do setor ficou sob responsabilidade do cruzeirense Montillo e do jovem Renan Oliveira, do Atlético.

No ataque, as escolhas contemplaram igualmente os dois maiores clubes de Minas Gerais. Thiago Ribeiro e Obina, negociado recentemente com o futebol chinês, foram os donos da bola no quesito gols.

Revelação e melhor comandante

A noite era animada, numa tabela afinada entre a plateia e seus ídolos. Além dos 11 jogadores que formaram um verdadeiro timaço – sonho de qualquer torcedor- , foi dia de premiar talentos precoces e comandantes experientes.

Com a responsabilidade de defender a camisa 1 alvinegra num ano de altos e baixos do Atlético, Renan Ribeiro foi alçado ao posto de ‘Revelação’ da temporada 2010, com atuações seguras no Campeonato Brasileiro, ajudando o Galo a espantar de vez o fantasma do rebaixamento. Todo jovem atleta precisa de um líder e Renan teve o seu: Dorival Júnior chegou ao clube num momento conturbado e conseguiu recolocar o Atlético num bom caminho. Por isso, o comandante preto e branco ficou com o troféu de melhor técnico do ano. Entre os concorrentes, estavam treinadores como Cuca, vice-campeão do Brasileirão com o Cruzeiro, e Mauro Fernandes, que reconduziu o América à elite.

Feitos memoráveis e o ‘dono do ano’

Depois de algumas homenagens individuais, o público aplaudiu a conquista de duas nações. O América, por sua campanha na Série B do Campeonato Brasileiro, que culminou com o retorno do clube à elite do futebol brasileiro, ficou com o troféu de Destaque Nacional. O assessor da presidência do Coelho, Marcos Salum, recebeu o prêmio das mãos de Renê Santana, filho do mestre Telê, e de Jair Bala, ídolo do clube alviverde e membro da Bancada Democrática, do programa Alterosa Esporte. O Ituiutaba, vice-campeão brasileiro da Série C, vai representar Minas Gerais na Série B 2011 e pelo feito recebeu o troféu de ‘Destaque do Interior’.

No futebol, o momento mais aguardado da noite foi o da premiação do ‘Craque do Ano’. Amparado pelos 457 pontos que conquistou na ‘Bolsa de Craques’, o goleiro Fábio voltou ao palco do Palácio das Artes para receber o seu segundo prêmio da noite e o oitavo na história do Troféu Telê Santana. A regularidade com a camisa 1 estrelada garantiu o troféu mais cobiçado ao ídolo celeste. Ele recebeu o prêmio das mão do vice-governador Alberto Pinto Coelho, que representou o governador Antônio Anastásia na cerimônia.

Esportes especializados

Democrático, o ‘Oscar’ do esporte mineiro sempre teve em sua essência o incentivo ao esporte especializado. Por isso, a noite não foi dedicada apenas aos astros da bola. O time de vôlei do Cruzeiro, Campeão Mineiro em 2010, recebeu uma homenagem especial, assim como os maratonistas Frank Caldeira e Luzia de Souza, vencedores da Primeira Meia Maratona de Belo Horizonte, uma realização dos Diários Associados.

Jovens talentos também foram alvo de homenagens. A judoca Gabrieli Caroline Passos dos Reis, de 13 anos, foi destaque especial na premiação. Atleta do Projeto Curumim, ela foi medalha de prata no Brasileiro de Judô em 2010.

Conheça todos os vencedores da 10a Edição do Troféu Telê Santana:

Craque do ano e goleiro - Fábio (Cruzeiro)

 

Lateral-direito

 

Zagueiro

 

Zagueiro

 

Lateral-esquerdo

 

Volante

 

Volante

 

Meia

 

Meia

 

Atacantes

 

Atacante

 

Técnico

 

Revelação Renan Ribeiro

Fonte: Superesportes

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

Botafogo acredita em permanência de Loco Abreu no clube Reservas do Brasil destacam elenco após vitória

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Olá, você está no blog do Paixão entre linhas, um projeto da Editora Leitura que une literatura e futebol e vai surpreender os torcedores dos principais clubes do país.

Posts

Twitter

  • RT @editoraleitura: "5ª rodada do Brasileirão é dos Paulistas" Confira o post no blog Paixão Entre Linhas: tiny.cc/ag3un E dê sua ... 6 years ago
  • Pessoal, hoje nós nos mudamos oficialmente para o Twitter da Editora Leitura @editoraleitura onde agora também haverão tweets sobre futebol! 6 years ago
  • RT @editoraleitura: Boa tarde, gente!!! Então quer dizer que hoje começa o inverno, né? Hummm... isso nos lembra uma leitura bem gostosa ... 6 years ago
  • Já tá todo mundo seguindo o Twitter da Leitura? @editoraleitura Em breve o Paixão Entre Linhas vai ser lá também! :) 6 years ago
  • RT @editoraleitura: Entre os sorteios no “Bem Amigos” da SPORTV de hoje vai ter 365 MOTIVOS P/SER VASCAINO de Bruno Mazzeo e Sergio Alme ... 6 years ago
janeiro 2011
S T Q Q S S D
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: